A presença indígena no pensamento estadonovista através do poema Martim Cererê de Cassiano Ricardo: algumas considerações

Rodrigo Luis dos Santos

Resumo


Durante a concepção ideológica e política do Estado Novo no Brasil, entre 1937 e 1945, a tentativa construção uma identidade plenamente brasileira foi efetivada pelas autoridades. Além disso, a participação da intelectualidade brasileira foi incisiva. Neste sentido, buscamos evidenciar aspectos do uso do poema Martim Cererê, de Cassiano Ricardo, durante esta fase política do Brasil, mas, principalmente, analisar como a presença indígena é abordada nessa obra. Mesmo se tratando de um período em que a construção da identidade brasileira buscava suas bases na origem nativa, a percepção do indígena nessa construção ideológica e identitária é fortemente baseada em uma visão inferiorizante do mesmo, contribuindo para a continuidade de seu distanciamento social.


Texto completo:

PDF

Referências


BORGES, Valdeci Rezende. História e literatura: algumas considerações. Revista de História – UFG, Belo Horizonte, v. 1, n. 3, jun. 2010. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.5216/rth.v3i1.28658.

CAMPOS, Maria José. Cassiano Ricardo e o “mito da democracia racial”: uma versão modernista em movimento. Revista USP, São Paulo, n. 68, p. 140-155, dez.2005/fev.2006. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

FREYRE, Gilberto. Uma cultura ameaçada: a luso-brasileira. 2. ed. Rio de Janeiro: Casa do Estudante do Brasil, 1942.

GARFIELD, Seth. As raízes de uma planta que hoje é o Brasil: os índios e o Estado-Nação na era Vargas. Rev. Bras.Hist., São Paulo, v. 20, n. 39, p. 13-36, 2000. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

MONTEIRO, John Manuel. Tupis, Tapuias e historiadores: estudos de história indígena e indigenismo. Tese de Livre-Docência (IFCH-Unicamp), 2001. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

NASCIMENTO, Alessandra Felisberto do. A questão indígena no livro escolar no Estado Novo (1937-1945). Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Curso de Graduação em Pedagogia, Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC, Criciúma, SC, 2010. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

OLIVEIRA, Lúcia Lippi. Americanos: representações de identidade nacional no Brasil e nos EUA. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

PINHO, Silvia Oliveira Campos de. Alberto Torres: uma obra, várias leituras. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2007. Disponível em: . Acesso em: 06 dez. 2016.

RICARDO, Cassiano. Martim Cererê: o Brasil dos meninos, dos poetas e dos heróis. 11. ed. São Paulo: Edições Saraiva, 1962.

RICARDO, Cassiano. Marcha para Oeste: a influência da “Bandeira” na formação social e política do Brasil. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1940.

VIANNA, Oliveira. Evolução do povo brasileiro. 3. ed. São Paulo: Nacional, 1938. (Brasiliana; v. 10).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acadêmica Licencia&acturas - (ISEI)

ISSN versão eletrônica: 2525-5754