A imigração para o Império do Brasil: um olhar sobre os discursos acerca dos imigrantes estrangeiros no século XIX

Angela Bernadete Lima

Resumo


A imigração estrangeira foi tema de intensos debates no século XIX no Brasil. A questão a ser resolvida era: quem deveria ocupar as terras do Império e compor a população? Ao lado disso, a escravidão começava a ser questionada e era preciso substituir a mão de obra nas lavouras brasileiras. Nesse sentido, os debates acerca da imigração ideal se tornaram intensos, e o surgimento de vários grupos destinados a propor soluções para todas estas questões também favoreceu os debates sobre modernização agrícola, formação de uma classe intermediária e os benefícios e malefícios da entrada de certas etnias


Texto completo:

PDF

Referências


A IMMIGRAÇÃO – Jornal da Sociedade Central de Imigração (1883-1891). Rio de Janeiro.

ALVES DE LIMA, José Custódio. Immigração chineza no Imperio do Brasil. São Paulo: Typographia Jorge Seckler, 1886.

ALONSO, Angela. Idéias em movimento: a geração 1870 na crise do Brasil-Império. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

AZEVEDO, Celia Maria Marinho de. Onda Negra, Medo Branco: o negro no imaginário das elites – século XIX. 3. ed. São Paulo: Editora Annablume, 2008.

BLUMENAU, Hermann. Guia de instruções aos imigrantes para a província de Santa Catarina no Sul do Brasil. In: BLUMENAU, Hermann Bruno Otto. Um alemão nos trópicos: Dr. Blumenau e a Política Colonizadora no Sul do Brasil. Organização de Cristina Ferreira e Sueli Maria Vanzuita Petry. Tradução de Curt Willy Hennings e Annemarie Fouquet Schünke. Blumenau: Cultura em Movimento: Instituto Blumenau 150 anos, 1999.

BOCAYUVA, Quintino. A crise da lavoura – succinta exposição. Rio de Janeiro: Typographia Perseverança, 1868.

CARVALHO, José Murilo de. Modernização frustrada: a política de terras no Império. Revista Brasileira de História, mar. 1981.

COLEÇÃO LEIS DO BRASIL. Tomo XXX. Parte I.

DEZEM, Rogério. Matizes do “amarelo”: a gênese dos discursos sobre os orientais no Brasil (1878-1908). São Paulo: Humanitas, 2005.

DOMINGUES, Petrônio. Uma história não contada: negro, racismo e branqueamento em São Paulo no Pós-Abolição. São Paulo: Editora SENAC, 2003.

ELIAS, Maria J. Introdução ao estudo da imigração chinesa. In: ANAIS do Museu Paulista, 24., 1970, São Paulo.

ENNES, Marcelo Alario. Imigração e direitos na Região Noroeste Paulista. Estudos de Sociologia, Recife, v. 1, n. 12, p. 53-78, 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

HANDELMANN, Gottfried Heinrich. Geschichte von Brasilien. Berlin: Verlag von Julius Springer, 1860.

IANNI, Octavio. O progresso econômico e o trabalhador livre. In: História geral da civilização brasileira – II: o Brasil Monárquico: reações e transações. São Paulo, Rio de Janeiro: Difel, 1976.

JAGUARIBE FILHO, Domingos José Nogueira. Reflexões sobre a colonização no Brazil. São Paulo: A. L. Garraux e Cia., 1878.

KLUG, João. Imigração no Sul do Brasil. In: GRIMBERG, Keila; SALES, Ricardo (Org.). O Brasil Imperial: volume III – 1870-1889. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.

LAMOUNIER, Maria Lúcia. O trabalho sob contrato: a lei de 1879. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 6, n. 12, p. 101-124, mar./ago. 1986.

LEITE, José R. Teixeira. A China no Brasil: influências, marcas, ecos e sobrevivências chinesas na sociedade e na arte brasileira. Campinas: Unicamp, 1999.

LOPES, José Reinaldo. O oráculo de Delfos: Conselho de Estado no Brasil Império. São Paulo: Saraiva, 2010.

MACHADO, Paulo Pinheiro. A política de colonização no Império. Porto Alegre: UFRGS, 1999.

NAXARA, Márcia Capelari. Estrangeiro em sua própria terra: representações do brasileiro, 1870/1920. São Paulo: Annablume, 2002.

NEDER, Gizlene. O liberalismo conservador brasileiro do século XIX. Rio de Janeiro: Achiamé, 1979.

PASCAL, Maria A. Macedo. Imigrantes portugueses: anarquistas e comunistas sob o olhar do DEOPS. In: ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA: PODER, VIOLÊNCIA E EXCLUSÃO, 19., 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPUH/SP, set. 2008.

REVISTA ILLUSTRADA – Rio de Janeiro, 1978.

ROVINA, Melina. Fogo cruzado: os imigrantes italianos entre o barrete frígio e o saco de coar café. 2012. 164f. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

SILVA, Ligia Osorio. Tavares Bastos e a questão agrária no Império. In: História econômica e História das empresas. São Paulo: Hucitec, 1998.

SOUZA, João Cardoso de Menezes e. Theses sobre a colonisação do Brasil. Rio de Janeiro: Typographia Nacional,

TRENTO, Angelo. Do outro lado do Atlântico: um século de imigração italiana no Brasil. São Paulo: Studio Nobel, 1989.

VAINFAS, Ronaldo. Dicionário do Brasil Imperial. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acadêmica Licencia&acturas - (ISEI)

ISSN versão eletrônica: 2525-5754