A pós-verdade: as potências da alma a favor da retórica

Milena Bender Holdefer, Marguit Carmem Goldmeyer

Resumo


Este trabalho apresenta uma discussão acerca da pós-verdade, de como ela surgiu e quais as suas consequências na sociedade. Além disso, apresentar-se-á o recurso das  potências da alma, que, se bem desenvolvidas, podem auxiliar na construção da retórica.  Mais que isso, as potências antes referidas - denominadas: a inteligência, a vontade e a sensibilidade - são os fundamentos que tornam o ser humano íntegro. Sendo assim, somente a partir da estimulação dessas potências é que o indivíduo pode se formar integralmente. Como meio para essas questões, sugerir-se-á a contemplação das Artes do Belo, pois elas podem potencializar a argumentação, a fim de que ela propenda para o bom, o verdadeiro e o belo.


Texto completo:

PDF

Referências


ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.

AS ARTES do Belo: introdução. Direção Viviane Princival; argumento: Carlos Nougué. 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=51bceaf-tkc. Acesso em: 10 ago. 2019.

ASSIS, Machado de. A mão e a luva. São Paulo: Ciranda Cultural, 2018.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Educação é a Base. Brasília, DF: MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_publicacao.pdf. Acesso em: 01 nov. 2019.

COELHO, Renato Arnellas. Para uma correta compreensão do homem, composto de corpo, alma e espírito. Revista Eletrônica Espaço Teológico, v. 10, n. 17, p. 84-93, jan./jun. 2016. DOI: https://doi.org/10.23925/2177-952X.2016v10i17p84-93.

COM CACHIMBO de crack na mão, mãe tenta matar duas vezes seu bebê de apenas três meses. POA24horas, 04 set. 2019. Disponível em: https://www.poa24horas.com.br/com-cachimbo-de-crack-na-mao-mae-tenta-matar-duas-vez es-seu-bebe-de-apenas-tres-meses/. Acesso em 05 set. 2019.

COSTA, Ricardo da. A transcendência acima da imanência: a alma mística de São Bernardo de Claraval. In: SEMINA-RIO DE HISTORIA DE LA FILOSOFÍA, 26., 2009, Madrid. Anales... Madrid: Uni-versidad Complutense, 2009. p. 97-105. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=361133109005. Acesso em: 10 nov. 2019.

COURTOIS, Gaston. Escola de chefes. São Caetano do Sul, SP: Edicações Bom Ladrão, Editora Santa Cruz, 2018.

DUNKLER, Christian et al. Ética e pós verdade. São Paulo: Editora Dublinense, 2017.

FERNANDES, Millôr. O homem do princípio ao fim. Porto Alegre: L&PM, 2008.

FLORES, Pablo J. Inferências falseadoras como base para a pós-verdade. Revista Línguas&Letras, v. 18, n. 41, p. 20-32, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/1981-4755.20170023.

FRANCA, Leonel. A formação da personalidade. Porto Alegre: Edições Hugo de São Vítor, 2019.

JARAUTA, Beatriz; IMBERNON, Francisco. Pensando no futuro da educação: uma nova escola para o Século XXII. Porto Alegre: Editora Penso, 2015.

MARSILI, Samia. Aulão de obediência. Disponível em: https://www.hotmart.com/product/aulao-obediencia. Acesso em: 24 nov. 2019.

MESQUITA, Fernão Lara. A verdade levará à pós-democracia? Revista USP, n. 116, p. 31-38, jan./mar. 2018. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i116p31-38.

MICHAELIS. Disponível em: http://michaelis.uol.com.br/busca?id=Qw4zY. Acesso em: 11 nov. 2019.

PICHLER, Nadir A. A natureza da alma intelectiva em Tomás de Aquino. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2018.

REBOUL, Oliver. Introdução à retórica. São Paulo: Martins Fontes, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acadêmica Licencia&acturas - (ISEI)

ISSN versão eletrônica: 2525-5754